Público feminino e LGBT que precisa contratar algum serviço como reparos emergenciais, pintura, higienização de sofás, montagem de móveis pode localizar empresa 100% inclusiva na plataforma BemCombinado – que resolve o problema em até 24 horas

Visando a inclusão e também o crescimento do setor, muitas mulheres, tanto transgêneros, quanto cisgêneros, passaram a investir na profissionalização e qualificação de mão de obra para serviços de reformas e manutenção doméstica. “O público feminino encontrou no segmento um negócio promissor, que também facilita a vida de mulheres que costumam ter receio de receber profissionais do sexo masculino em suas casas”, conta Priscila Vaiciunas, uma das idealizadoras da empresa Manas à Obra – que oferece serviços domésticos e técnicos para residência e comércios.

Para Rodrigo Thedim, CMO & Co-Founder do BemCombinado – plataforma que disponibiliza os serviços da empresa Manas à Obra – é importante que as mulheres e todo o público LGBT possam escolher qual o profissional que irá realizar o serviço em suas casas.

“Muitas mulheres, cisgêneros ou transgêneros, se sentem seguras ao serem atendidas por outras mulheres, o mesmo ocorre com gays e lésbicas. Ao criarmos nossa plataforma identificamos a necessidade de fazer uma parceria com empresas inclusivas, já que esse setor ainda é, de certa forma, composto principalmente pelos homens. As Manas à Obra fecham essa lacuna e deixam as clientes mais tranquilas, além de mostrar que são tão qualificadas e capazes de realizarem os serviços quanto os homens”, comenta.

No site BemCombinado, o cliente encontra o serviço desejado – são mais de 300 tipos desde instalação e manutenção de ar condicionado, montagem de móveis até reparos hidráulicos e elétricos – e pode escolher se quer ser atendido exclusivamente por profissionais do sexo feminino. Todos os profissionais são certificados pela startup e os serviços possuem garantia de três meses. O agendamento e pagamento são realizados direto no site e o trabalho é executado em até 24 horas. (Agência NoAr)