O aumento da incidência do novo coronavírus tem afetado a indústria do turismo. Companhias aéreas cancelaram voos para a China, e agora as suspensões começam a valer também para países europeus, principalmente a Itália. Eventos foram cancelados e muitos pontos turísticos fechados. O consumidor está inseguro sobre viagens, e também tem muitas dúvidas. É possível cancelar ou remarcar passagens aéreas e hospedagens, sem ser preciso pagar multa? Para esclarecer essas possíveis dúvidas, conversamos com Mariana Miranda, representante do escritório Castro & Mendes – Advogados Associados. O CDC trata do direito básico do consumidor, que é o direito à saúde e…