“TPM – Tudo Pela Mulher” oferece variadas atividades ao público feminino no mês de março, na unidade do Sesc Santo Amaro

unnamed
(credito: Divulgação)

A unidade do Sesc Santo Amaro apresenta TPM – Tudo Pela Mulher, programação direcionada ao público feminino no mês de março. Desde atividades físico-esportivas a espetáculos, ações de formação e de empreendedorismo, o projeto contempla o protagonismo feminino em diversas atuações. A partir do dia 4 de março até a última semana do mês da mulher.

No mês que celebra o Dia Internacional da Mulher, o público pode conviver e vivenciar atividades de diversas linguagens, nas quais conteúdos, exercícios e práticas têm a mulher como foco. Podem ser destacadas cinco atividades, de linguagens distintas.

O Grupo Mãe da Rua encena Linha Vermelha, espetáculo que traz no seu título a menção à linha 3 do Metrô, que atravessa a cidade da zona leste à zona oeste. Considerada a mais movimentada da cidade de São Paulo, onde 54% dos passageiros são mulheres, Linha Vermelha relata os percalços, violência e histórias que várias trabalhadoras, usuárias desse transporte, sofrem. A peça tem como característica a música e a rima popular como o funk, rap, o samba e o cordel.

O nome do grupo, criado em 2014, faz referência a uma tradicional brincadeira de rua. Sua pesquisa traz características do teatro de rua em uma proposta de autogestão feminina. Serão duas apresentações, sábado, dia 4, às 17h, na Convivência (Térreo) da unidade; a segunda apresentação será na quarta-feira, dia 8, às 15h, no Poupatempo Santo Amaro.

No dia 8 de março, data celebrada como o Dia Internacional da Mulher, Maurren Maggi, ex-atleta, medalha de ouro no salto em distância dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, faz um bate-papo com o público do Sesc Santo Amaro. Como maior nome do atletismo brasileiro, Maurren conversa sobre sua carreira, seu percurso no atletismo, inserção e conquista no esporte. Além da marca de 7,04 metros, que a levou à conquista do ouro olímpico, a atleta comenta sobre as conquistas como mulher e como mãe. O bate-papo é na Praça Coberta (Térreo), às 19h30, quarta-feira.

O documentário Lute Como Uma Menina (2016), dirigido por Beatriz Alonso e Flávio Colombini, será exibido no dia 18, sábado, às 15h, no Espaço de Tecnologia e Artes (2º andar). O filme narra história do protagonismo feminino nas ocupações secundaristas, em 2015, movimento surgido contra o projeto de reorganização escolar proposto pelo Governo Estadual de São Paulo. Com depoimentos das meninas que ocuparam as escolas em todo estado, o filme traz cenas da autogestão das ocupações, confronto nas manifestações na rua com a Polícia Militar. Após exibição, haverá um debate com os diretores do filme.

Com uma proposta inovadora na literatura infantojuvenil, um livro-reportagem para criança, escrito em primeira pessoa, a autora Adriana Carranca apresenta Malala, a Menina Que Queria Ir Para a Escola(editora Cia. das Letrinhas) no dia 25, sábado, às 15h, na Convivência (Térreo). A reportagem aborda a história da adolescente paquistanesa Malala Yousafzai, baleada por membros do Talibã aos 14 anos por defender o direito à educação para as meninas de seu país. Na obra, a repórter traz suas percepções sobre o vale do Swat, a história da região e a definição dos termos mais importantes para entender a vida daquela garota corajosa. Adriana Carranca é jornalista, suas matérias e trabalhos permeiam assuntos ligados aos direitos humanos, conflitos e intolerância religiosa.

No Laboratório de Empreendedorismo Feminino haverá diálogos, leituras de empreendimentos e projetos, semelhantes à visualização de portfólios. A atividade será conduzida pela gestora Adriana Barbosa, criadora da Feira Preta. Este evento objetiva “mostrar à sociedade o que está sendo produzido pelo o segmento negro em termos de produtos e serviços, incentiva o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e gera emprego e renda (…)”, explica Adriana. Em 2017, a feira terá a sua 14º edição. O laboratório acontece no dia 30, quinta-feira, às 19h, na Sala de Oficinas (2º andar). (ASSESSORIA DE IMPRENSA SESC SANTO AMARO)

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

ESPORTE E ATIVIDADE FÍSICA

TAMBÉM PODEM MARCAR – ESPORTE COM BOLAS E MODALIDADES COLETIVAS

Quando: 4 e 26 de março.

Horário: Sábado e domingo, 15h30 às 17h30.

Local: Ginásio (Térreo)

 

BATE-PAPO MAURREN MAGGI

Quando: 8 de março.

Horário: Quarta-feira, 19h30.

Local: Praça Coberta (Térreo).

 

TAMBÉM PODEM MEXER – AULAS ABERTAS DE MOVIMENTAÇÃO E RITMO

Quando: 9 e 10 de março.

Horário: Quintas e sexta-feira, 10h30 às 11h30 e 15h30 às 16h30, dia 9, quinta-feira, 18h30 às 19h, dia 10, sexta-feira, 20h às 21h.

Local: Sala de Práticas Corporais (Térreo).

 

TAMBÉM PODEM MEDITAR – AULAS ABERTAS DE MEDITAÇÃO

Quando: 16 e 17 de março.

Horário: Quintas e sexta-feira, 10h30 às 11h30 e 15h30 às 16h30, dia 16, quinta-feira, 18h30 às 19h, dia 17, sexta-feira, 20h às 21h.

Local: Sala de Práticas Corporais (Térreo).

 

TAMBÉM PODEM MEGULHAR – VIVÊNCIAS E TÉCNICAS NA ÁGUA

Quando: 18 a 25 de março.

Horário: Sábado, 11h30 às 12h30.

Local: Piscina (Térreo).

 

TAMBÉM PODEM MALHAR – MUAY THAI

Quando: 23 e 25 de março.

Horário: Quinta-feira, 10h30 às 11h30; 15h30 às 16h30; 18h às 19h; dia 25, sábado, 11h30 às 12h30.

Local: Sala de Práticas Corporais (Térreo).

 

TAMBÉM PODEM MALHAR – JIU JITSU

Quando: 24 de março.

Horário: Sexta-feira, 10h às 11h; 15h30 às 16h30; 20h às 21h.

Local: Sala de Práticas Corporais (Térreo).

 

BATE-PAPO VIRNA DIAS (TABELANDO) – COM CACAU HYGINO E WILLIAM LOPES

Quando: 30 de março.

Horário: Quinta-feira, 19h30.

Local: Praça Coberta (Térreo).

 

TEATRO

LINHA VERMELA – COM O GRUPO MÃE DA RUA

 

FICHA TÉCNICA:

Direção: Rafaela Carneiro.

Atuadoras: Cau Peracio, Maria Gabriela D’Ambrozio e Natali Santos.

Direção Musical e Arranjos: Talita Cabral.

Dramaturgia: Carina Castro, Maria Gabriela D’Ambrozio e Rafaela Carneiro.

Cordel: Jarid Arraes.

Canções: Andréa Sechini, Carina Castro, Cau Peracio, Janaína, Maria Gabriela D’Ambrozio, Natali Santos, Paula Cavalciuk e Rafaela Carneiro e Talita Cabral. Concepção de cenário: Grupo Mãe da Rua.

Confecção de cenário: Luiza Snege.

Figurino: Cris Lima.

Orientação de Danças Orientais: Andrea Sechini.

Orientação poética: Ana Rüsche, Ana Souto e Luiza Romão.

Orientação teórica: Thais Lapa.

Produção: Carina Castro e Maria Gabriela D’Ambrozio.

Elenco criador: Carina Castro, Cau Peracio, Maria Gabriela D’Ambrozio, Natali Santos.

 

Quando: 4 e 8  de março.

Horário: Sábado, às 17h00; quarta-feira, dia 8, às 15h.

Local: Dia 4, Convivência da unidade (Térreo). Dia 8, Poupatempo Santo Amaro, rua Amador Bueno, 258.

 

AÇÕES PARA A CIDADANIA  

BATE-PAPO CONVERSANDO SOBRE O DESPRINCESAMENTO

Quando: 18 de março.

Horário: Sábado, 11h.

Local: Sala de Oficina (2º Andar).

 

BATE-PAPO MULHERES QUE ENSINAM MULHERES – EMPREENDEDORISMO FEMININO

Quando: 26 de março.

Horário: Domingo, 14h.

Local: Sala de Oficina (2º Andar).

 

LABORATÓRIO DE EMPREENDEDORISMO FEMININO – COM ADRIANA BARBOSA (FEIRA PRETA)

Quando: 30 de março.

Horário: Quinta-feira, 19h.

Local: Sala de Oficina (2º Andar).

 

 

CINEMA

LUTE COMO UMA MENINA – EXIBIÇÃO E BATE-PAPO COM OS DIRETORES

Quando: 18 de março.

Horário: Sábado, 15h.

Local: Espaço de Tecnologias e Artes (2º Andar).

 

LITERATURA

MALALA, A MENINA QUE QUERIA IR PARA A ESCOLA – COM AUTORA ADRIANA CARRANCA

Quando: 25 de março.

Horário: Sábado, 15h.

Local: Convivência (Térreo).

 

SESC SANTO AMARO

Endereço: Rua Amador Bueno, 505, Santo Amaro

Acessibilidade: universal.

Estacionamento da unidade: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (Credencial Plena); R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional (outros).

Preço único mediante apresentação de ingresso (a partir das 18h): R$ 7,50 (Credencial Plena) e R$ 15,00 (outros).

Disponibilidade: 158 vagas para carros e 36 para motos. A unidade possui bicicletário gratuito.