Núcleo da Notícia / Ingrid Ribeiro

Roda de conversa com instituições culturais e oficina infantil também estão programados nesta semana

Para celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro), o Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, preparou uma programação especial durante o mês. Nesta semana, as primeiras ações abordam tranças Nagô e Box Brainds e a dança afro.

Com o intuito de enaltecer a beleza do cabelo crespo e natural, além de valorizar a tradição e estética afro, Marisa Silva, cabeleireira e diretora da ONG Umont, apresentará técnicas de tranças, dreads e penteados. A oficina Tranças Nagô e Box Brainds será veiculada nas redes sociais na terça-feira (10).

Na quarta-feira (11), o Museu convida o público para a ação Movimento e Expressão Ancestral. Marisa Silva ensinará movimentos básicos da dança afro que está presente no dia a dia e faz parte da essência humana, os movimentos aproximam o público da ancestralidade e da natureza.

Outra atividade com a participação do público será a Roda de Conversa com Museus da região. O Museu Índia Vanuíre unirá os equipamentos culturais da região para falar sobre os desafios e experiências das instituições culturais na pandemia. Quem quiser integrar o bate-papo pode se inscrever pelo e-mail contato@museuindiavanuire.org.br ou pelo telefone (14) 3491-2333. Será na quinta-feira (12), às 15h, via Google Meet.

No domingo (15), é dia de juntar a família para participar do Família no Museu (Em Casa) para confecção de um foguete. O brinquedo será construído com materiais recicláveis e, por meio de vídeo, a educadora Gabriela ensinará a reutilizar objetos de fácil acesso, que além de lúdicos, estimulam as crianças a desenvolverem a criatividade.

Além disso, o Museu Índia Vanuíre que nesta data, 15 de novembro, estará fechado para visitação presencial do público, devido às eleições municipais.

Para não perder nenhuma atração do Museu Índia Vanuíre, basta curtir e seguir as redes sociais do equipamento no Facebook, Instagram, Twitter e TikTok (@museuindiavanuire). Além disso, toda a programação é veiculada na página especial do Cultura em Casa: www.museuindiavanuire.org.br/culturaemcasa