A Federação Sul Americana de Krav Maga vai mostrar que objetos do dia a dia, como uma revista, um molho de chaves, uma caneta, uma toalha, podem ser aliados caso o cidadão comum precise se defender

 

Em tempos de aumento na violência, é necessário o cidadão estar armado para se defender? A Federação Sul Americana de Krav Maga, a única representante oficial da modalidade no Brasil, Peru e Argentina e detentora da marca Krav Maga no Brasil, mostra que a resposta é não.

No próximo dia 25 de setembro, Goiânia vai sediar um treinamento específico de Krav Maga – a defesa pessoal israelense – para demonstrar ao cidadão comum como ele pode se defender usando objetos do dia a dia, como uma caneta, chaves, uma revista, uma cadeira, entre outros.

Ministrado por Mestre Marcio Hirszberg, um dos primeiros Mestres de Krav Maga formados no Brasil (faixa preta 4º DAN), o seminário “Exercícios táticos e uso de objetos comuns no Krav Maga” vai mostrar que a defesa pessoal poder ser exercida, mesmo quando o cidadão está desarmado.

As pessoas que andam armadas se sentem mais capazes de se defender e mais seguras. Porém, aquele que entende que tudo ao seu redor pode se transformar em uma arma, se usado com a técnica correta e de forma bem executada, estará realmente em segurança.

O seminário “Exercícios táticos e uso de objetos comuns no Krav Maga” será realizado no Colégio Prevest (Rua T13, Setor Bela Vista, Goiânia), à partir das 8h30, no dia 25 de setembro.

Inscrições pelo e-mail: infogo@kravmaga.com.br (Roberta Provatti)