Vencedor do Comida di Buteco 2016 em Goiânia, o bar é o representante da capital goiana na etapa nacional do concurso. O grande campeão será anunciado nesta terça-feira, 5 de julho, no Rio de Janeiro

Jéssica, Maria e Irani

Eleito campeão do Comida di Buteco 2016 em Goiânia, com o petisco “Kibitos” – mistura da tradicional massa de quibe com purê de batatas e especiarias, recheada com ricota, castanha de caju e acompanhado por molho de hortelã picante -, o Wisquinão concorre nesta terça-feira, 5 de julho, ao título de melhor boteco do Brasil. O representante da capital goiana disputa com 19 campeões da etapa regional de cada uma das cidades participantes do concurso. O anúncio será feito durante festa de encerramento no Rio de Janeiro (RJ).

Participante pela primeira vez do Comida di Buteco, o Wisquinão é um bar localizado no Setor Marechal Rondon e conduzido por quatro irmãs (Edna, Maria Teodora, Irani e Hélia) e uma das sobrinhas, Jéssica Martins. “Não esperávamos ganhar, ainda mais no primeiro ano. Mas como entramos no Comida di Buteco, também não queríamos sair. Ficamos muito surpresas e felizes pelo título”, destacou Maria Teodora.

Concurso nacional
No mês de junho, um comitê de jurados visitou os vencedores de cada uma das 20 cidades participantes do Comida di Buteco, deu suas notas e, então, votou no melhor do País. Trata-se de um grande momento na história do concurso e um passo importante na sua consolidação como concurso nacional. Um passo que reflete em todo o segmento, reiterando a relevância desse perfil de estabelecimento para a cultura e gastronomia brasileiras: o boteco conduzido pelos donos e suas famílias, valorizando a comida caseira mesmo na alimentação fora do lar.

Concorrentes nacionais
Belém: Boteco da Nina
Petisco: Pirarucu Porto do Sal – Pirarucu com farofa molhada no leite de coco e banana da terra.

Belo Horizonte: Já to inno
Petisco: Ponto x – Escalopes de alcatra com bacon regados ao molho especial de cogumelos acompanhado de aligot de mandioca à moda da casa.

Brasília: Confraria Chico Mineiro
Petisco: Bolinho de mexidão acompanhando de molho de pimenta da casa – bolinho de mexidão elaborado com feijão, caldo e carnes da feijoada, arroz, vinagrete, couve e farinha de mandioca, enrolado, empanado e frito. Acompanha molho de pimenta da casa.

Campinas: Bar Preste Atenção
Petisco: Cabral – Pão francês, bacalhau, salsinha, provolone, tomate, azeitona preta e rúcula.

Curitiba: Dom Rodrigo
Petisco: Porção de Bolinho de carne dois queijos – Bolinho de carne com parmesão e provolone com molho de gorgonzola.

Fortaleza: Bar do Ném
Petisco: Rei da língua, almondegas do Ném – Almondegas recheadas com queijo e acompanhadas de farofa e molho agridoce.

Goiânia: Wisquinão Bar
Petisco: Kibitos – Mistura genial da tradicional massa de quibe com purê de batatas e especiarias, recheados com ricota e castanha de caju. Acompanhados com molho de hortelã picante.

Juiz de Fora: Bar do Bené
Petisco: Trem bão – Maçã de peito de boi acompanhado de tempurá de batata e mandioca.

Manaus: Quiosque Beer
Petisco: Curruína molhado – Bolinho de macaxeira com queijo acompanhado de delicioso molho especial da casa.

Montes Claros: Universo do Beiju
Petisco: Tudo junto e Misturado – Carne de Sol, coração, lombo, peito de frango e linguiça grelhados na chapa, acompanhado de farofa de ervilha e bacon, jiló fatiado e molho especial.

Poços de Caldas: Bar do David
Petisco: Bolinho acorda vovô – Bolinho de massa de mandioca temperado. Recheado com bacon, carne seca e linguiça.

Porto Alegre: Tuim
Petisco: Lombinho a Dom Ervalho – Cubos de lombo suíno empanados e recheados com bacon e gorgonzola.

Recife: Confraria Zé Perninha
Petisco: Feijão preto com patinho e costela de charque.

Ribeirão Preto: Spettus Bar
Petisco: Tiras de berinjela gratinada – Berinjela cortada em tiras, gratinada no forno, coberta com catupiry, mussarela e queijo ralado.

Rio de Janeiro: Bar do David
Petisco: Ressurgência – Salada de frutos do mar com feijão Fradinho.

Salvador: Boteco da Mídia
Petisco: Trio Nordestino – Queijo Coalho empanado, Charque desfiada acebolado e aipim cozido.

São José do Rio Preto: Vila Aurora Bar
Petisco: Colherada da Costela – Escondidinho de Costela desossada da Aurora na colher.

São Paulo: Boteco do Murruga
Petisco: Mingnonzinho do Murruga – Porção de 10 Mini Medalhões de filé mignon enrolados no bacon à milanesa, acompanhado com molho vermelho de ervas finas e pão Ciabata com patê de berinjela.

Uberlândia: Mussa Petisqueira
Petisco: Quibe Assado – Quibe assado recheado com carne moída e mussarela.

Vale do Aço: Galpão
Petisco: Peito Caído – Costelinha de porco defumada com peito de frango ao molho indiano, e bolinho caipira feito de mandioca crua e queijo. Acompanha medalha de Ouro, uma geleia picante de abacaxi.

Em Goiânia
Além do Wisquinão, na capital goiana o segundo lugar do Comida di Buteco em Goiânia ficou com o boteco Dom Cirus (petisco Coletânia); o terceiro lugar com o Mr. Espeto (petisco Orgulho de ser goiano); o quarto lugar com o Recanto Chopp (petisco Boi na Lua) e quinto lugar com o Boteco do Zé Abílio (petisco Cebola Recheada). Os botecos vencedores foram escolhidos a partir do julgamento de jurados e público que visitaram os estabelecimentos no período de 15 de abril a 15 de maio de 2016. Durante os 31 dias de realização do concurso, foram julgados o tira-gosto (70% da pontuação), o atendimento (10%), a higiene do local (10%) e a temperatura da bebida servida (10%). A média entre todos os quesitos garantiu o resultado da premiação. O voto do júri valeu 50% e do público 50%. O Instituto de Pesquisas Vox Populi foi o responsável pela apuração. (Voltz Comunicação)