(divulgação)

DAC Comunicação / Ana Claudia Silva

O evento, que teve recorde de inscrições durante a pandemia, tem apresentações voltadas à representatividade negra; O show de encerramento fica por conta da dupla Craca e Dani Negra, uma das vozes mais expressivas do Rap Nacional

Com objetivo de dar voz às produções artisticas de autores negros de todo o país, a 3ª edição online do Festival Felino Preta, organizada pela Associação Felino (Frente de Educação e Cultura do Litoral Norte), segue com a programação até 13 de março. O evento teve recorde de inscrições durante a pandemia e conta com obras teatrais, dança, música, cinema e poesia, que tem como palco o canal do Circo Navegador no Youtube. As apresentações acontecem sempre às 20h.

O Festival, que conta com apoio do Governo Federal e Estadual de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, tem representado a adaptação do mercado cultural em meio à pandemia. Antes, em sua versão física, tinha como região sede a cidade de São Sebastião, litoral Norte do estado de São Paulo, a versão online possibilitou alcançar um público bem maior batendo recorde no número de inscrições. No total, 387 pessoas inscreveram suas produções.

O grande paradoxo é que em uma situação de extrema melancolia mundial, na qual os níveis de depressão aumentaram de forma significativa, nunca se precisou tanto da arte para suavizar todo o estresse causado pela pandemia“, diz Shirlei Rodrigues, uma das organizadoras do Festival.

Participam da programação para os próximos dias os artistas Gustavo Nascimento, Nego Max, Danilova e Amanda Negrasim. O último dia do evento contará com o show da dupla Craca e Dani Negra, que se uniram em 2016 para lançar Dispositivo Tralha, álbum vencedor do Prêmio da Música Brasileira e do Prêmio Profissionais da Música. Em 2018 lançam seu segundo álbum O DESMANCHE com participações de Luedji, Clarianas, Roberta Estrela D’Alva, Sandra-X, Juçara Marçal Nanny Soul e Graça Cunha. Este trabalho também foi agraciado pelo Prêmio Profissionais da Música. Para o Festival, os cantores prepararam um show especial. Uma live, que vai contar com videoprojeção sincronizada, e novas experiências musicais no repertório já conhecido da dupla. Na ocasião acontecerá a entrega do prêmio Júri Popular, que consiste na soma de curtidas, comentários, compartilhamentos e horas de visualizações das obras inscritas. Os vídeos estão na playlist Festival Felino Preta, no canal do Circo Navegador.

Confira a programação na íntegra:

11/3 – Show Dub Lova: Dub Lova é o nome escolhido pelo pesquisador da cultura popular e especialista em reggae jamaicano, Danilova, para apresentar este ritmo em uma roupagem contemporânea. Às 20h;

12/3 – Show Amanda NegraSim: a artista é uma das vozes mais potentes do rap nacional e apresenta músicas que falam de suas vivências familiares, periféricas e engajadas na luta por uma sociedade mais justa e inclusiva. Às 20h;

13/3 – Show de encerramento Craca e Dani Negra: a dupla se uniu em 2016 para lançar Dispositivo Tralha, álbum vencedor do Prêmio da Música Brasileira e do Prêmio Profissionais da Música. Em 2018 lançam seu segundo álbum O DESMANCHE com participações de Luedji, Clarianas, Roberta Estrela D’Alva, Sandra-X, Juçara Marçal Nanny Soul e Graça Cunha. Este trabalho também foi agraciado pelo Prêmio Profissionais da Música

Serviço:
Festival Felino Preta 2021 versão 100% on-line;
Data: até 13 de março;
Horários: Sempre às 20h;
Para saber mais sobre a Programação Completa visite a página da Associação Felino no Facebook e no Instagram @associacaofelino e no canal Circo Navegador no Youtube