Gamarra Fashion Show 2015 ocorre nos dias 4 a 5 de agosto e deve mobilizar mais de 100 confecções da região conhecida como patrimônio comercial do país

 

10669356_1609521332637621_1100488637516248900_oTrinta horas ininterruptas de desfile. É com essa marca que o maior complexo comercial e da indústria têxtil do Peru, conhecido como Gamarra, quer quebrar o recorde mundial de desfile mais longo. O 30 horas Gamarra Fashion Show 2015, que ocorre nos dias 4 e 5 de agosto, pretende não só superar o recorde de 24 horas de desfile, registrado em Miami (2014), mas também dar projeção mundial à produção de moda do Peru. A iniciativa é da Perú BTL, em parceria com mais de 100 confecções, e conta com apoio da catarinense Audaces, que tem uma unidade de negócios no país.

Gamarra é conhecido como um patrimônio comercial peruano e está localizado no distrito de La Victoria, na capital Lima. Por reunir quase 20 mil empresas têxteis, entre estabelecimentos comerciais, fabricantes, fornecedores e organizações afins, o centro comercial desenvolve iniciativas periódicas para impulsionar o desenvolvimento da indústria manufatureira de confecções e a competitividade de micro e pequenas empresas locais. O concurso Gamarra Produce, promovido pelo Ministério da Produção peruano e que está na sua quarta edição, é um exemplo e também contou com apoio da Audaces.

Para o concurso, a multinacional que é líder na América Latina no segmento de tecnologia para moda disponibilizou gratuitamente aos participantes 1.500 licenças do Audaces IDEA 6, software específico para criação de desenhos de moda. Além disso, o Senati (Serviço Nacional de Formação em Trabalho Industrial), em parceria com a Audaces Peru e a IP InfoCom, oferece um programa de Capacitação Tecnológica em Desenho de Moda Avançado em seus laboratórios, para treinar os participantes do Gamarra Produce para utilizarem o Audaces IDEA 6 e garantir que alcancem os resultados propostos no concurso.

Para o gerente Regional da Audaces Peru, Humberto Pereyra, utilizar pela primeira vez ferramentas de última tecnologia em desenhos de moda por computador em um concurso desta natureza é um grande passo do Ministério para estimular a competitividade dos desenhistas de moda peruanos, assim como para incentivar a inovação tecnológica que o segmento das PMEs de Gamarra precisa para consolidar seu crescimento. “Acredito que vamos fomentar a competitividade destas empresas e isso pode facilitar e intensificar o comércio bilateral, assim como o fluxo de investimentos entre os dois países”, destaca.

O Gamarra Produce 2015 encerra no dia 23 de outubro, na Feira ExpoTêxtil, durante o desfile de moda das coleções criadas pelos finalistas do concurso.(Dialetto Comunicação)