Fortaleza/CE on board – primeiras impressões

18596845_1680230651991290_7148110_o
Av.: Beira Mar , com a Feira de Artesanato. (crédito: Patricia Finotti)

Com uma energia que emana do sol, e reflete na alegria de seu povo, Fortaleza é uma cidade realmente contagiante. O riso receptivo, a beleza e riqueza das rendas e bordados, a música que encanta e desprende o gingado dos corpos, o sabor dos frutos do mar e da cachaça. Não tem como não ficar encantados com a quinta maior cidade do país, e segundo destino mais desejado do Brasil.

A capital brasileira é mais próxima da Europa, e berço de nomes representativos de nosso país: o ex-presidente Castelo Branco, em que lá repousa em um mausoléu dedicado à ele; Dom Hélder Câmara; os escritores  José de Alencar e Rachel de Queiroz; o diretor de cinema Karim Aïnouz; e tantos outros artistas conhecidos e reconhecidos, como no humor, Chico Anysio e Tom Cavalcante. Fortaleza é conhecida como capital do humor no país. Ah!!! E na música Fagner, Ednardo, Belchior, Amelinha. São tantos representativos, que o próprio leitor poderá citar, em seus comentários.

O clima quente, com temperatura anual média de 26 °C é convidativo para as suas lindas praias ensolaradas e cheias de musica. É claro que a sua localização, entre serras próximas, faz com que as chuvas de verão ocorram com mais freqüência. O seu litoral  tem extensão de 34 quilômetros, com um total de quinze praias. Um dos ícones que limita o mar e o continente é a avenida Avenida Beira Mar, que vai da Praia de Meireles, até o Mucuripe, e aí se encontra a principal concentração de hotéis de luxo da cidade, além do clube Náutico Atlético Cearense e da famosa Feira de Artesanato da Beira-Mar.

Lá no Mucuripe, o turista encontra o mercado de peixes e mariscos, e pode saborear os frutos do mar frescos.  Ali também está a mais antiga estátua de Iracema e Martim, da cidade, e que foi inaugurada em 1965.

Outra praia famosa é a do Futuro, em que em toda a sua extensão estão barracas animadas e restaurantes especializados em frutos do mar.

Sobre a arquitetura de Fortaleza, o turista é inebriado por um rico acervo arquitetônico e cultura. São inúmeras praças representativas não só pelo valor histórico, mas também por árvores centenárias e estátuas que adornam o espaço. Igrejas, prédios públicos, casarios e palacetes remanescentes de outros séculos. Sem se falar no mágico Teatro José de Alencar, e toda a estrutura do complexo Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, além dos museus. Riquezas que podem ser predominantemente encontradas no centro da capital Cearense.

Em Fortaleza e imprescindível visitar os espaços voltados para a exposição e venda de artesanato. O turista os encontra principalmente na feirinha da Beira Mar, no Mercado Central e no Polo Comercial da Avenida Monsenhor Tabosa. Um boa gama para levar na bagagem de renda, tecidos de  manufaturas de fibra de algodão, cerâmicas, cestarias entre outros.

A noite também é muito rica, servindo de bandeja não só os pratos típicos, mas também shows de humor, música e dança. Fortaleza tem a segunda-feira mais animada do Brasil, que acontece no Pirata Bar, onde apresentações de dança e forró acompanham o visitante até o primeiro raiar do sol.

Por outro lado, e infelizmente me doeu muito perceber a desigualdade de renda ainda marcante nesta cidade, onde estive pela quarta vez. Outro ponto que ainda me choca é a questão da exploração sexual. Ambos os problemas sociais são bem evidentes ao turista, por muitos locais em se visita. (Patricia Finotti)

Tags:

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS