Museu do Divino, em Pirenópolis, é reaberto ao público

(crédito: Alexandre Aires)

Karla Castanheiro

Após reformulação da ambientação e do acervo, o Museu do Divino, em Pirenópolis, reabriu para visitação do público neste mês de julho.

Localizado em uma das edificações históricas mais importantes da cidade, na Casa de Câmara e Cadeia, o museu funciona de segunda-feira a sábado, das 9 horas às 17 horas, e aos domingos, das 9 horas às 14 horas.
A reformulação do museu teve como principal intuito aumentar a acessibilidade ao público, além de incluir novas peças ao acervo. O Museu do Divino agora também conta com três salas organizadas por temática: a sala do Império, a dos Mascarados e a Geral, que traz detalhes das diversas manifestações culturais dos pirenopolinos, tais
como as Pastorinhas e as Congadas.
“Antes, o museu ficava na parte superior do prédio, o que limitava muito o acesso de pessoas de mais idade e cadeirantes. Então, reformulamos o museu por causa disso, para proporcionar mais acessibilidade a todas as
pessoas”, informa Lara Lopes, assessora cultural da Secretaria de Cultura de Pirenópolis. Além do acervo, o prédio em si é uma atração à parte. “É a segunda Casa de Câmara e Cadeia da cidade, construída em 1919 às margens do Rio das Almas, próxima à ponte de madeira”, informou Wesley Salles, chefe de gabinete da Secretaria de Cultura.

Tags:

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS