Evento online reunirá cerca de 6 mil instituições pelo mundo, de 7 a 13 de junho

Com, aproximadamente, outras 6 mil instituições culturais distribuídas pelo mundo, o Museu Republicano “Convenção de Itu” participa da #MuseumWeek2021, evento online entre os dias 7 e 13 de junho, realizado pela organização sem fins lucrativos Culture for Causes Network, a fundação filantrópica Art Explora e a Unesco.

Com postagens diárias em seus perfis nas redes sociais, este ano as instituições vão interagir com o público seguindo a fórmula “7 dias, 7 temas e 7 hashtags”. A ideia é que os museus criem conteúdo inédito, explorando seus acervos de forma criativa de acordo com o roteiro proposto pela organização.

No primeiro dia, 7 de junho, por exemplo, os museus devem compartilhar o início de alguma teoria, tendência artística ou sobre a origem de uma pessoa famosa, utilizando a hashtag #EraUmaVezMw. Para cada dia há um tema e uma hashtag relacionada a ser seguida pelos museus.

O objetivo do evento é alcançar públicos conectados, especialmente os mais jovens que não estão acostumados a ver materiais relacionados à cultura e à arte no mundo digital, e despertar esse interesse valendo-se de conteúdo criativo, inédito e interativo.

Tour Virtual – O público também pode visitar o Museu Republicano e conferir suas exposições de forma online, por meio do link https://vila360.com.br/tour/mrciusp.html. A plataforma oferece recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual ou auditiva, recursos de audiodescrição e também descrição do conteúdo em espanhol e inglês.

História do Museu Republicano – O Museu Republicano “Convenção de Itu” foi inaugurado pelo Presidente do Estado de São Paulo, Washington Luis Pereira de Sousa, a 18 de abril de 1923 e desde então subordinou-se administrativamente ao Museu Paulista que, em 1934, tornou-se Instituto complementar da recém-criada Universidade de São Paulo e a ela se integrou em 1963.

É uma instituição científica, cultural e educacional, especializada no campo da História e da Cultura Material da sociedade brasileira, com ênfase no período entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX, tendo como núcleo central de estudos o período de configuração do regime republicano no Brasil.

Encontra-se instalado em sobrado histórico em Itu, erguido nas décadas iniciais do século XIX, e que se tornou residência da família Almeida Prado. Foi nesse local que se realizou, em 18 de abril de 1873, uma reunião de políticos e proprietários de fazendas de café para discutir as circunstâncias do país e que, posteriormente, se transformou na famosa Convenção Republicana de Itu, marco originário da campanha republicana e da fundação do Partido Republicano Paulista.