image002

A Fê Palazzo lança a Coleção Cores do Mundo – Rússia – Matrioskas. Inspirada na cultura russa e na moda emergente da década de 1920, pós-revolução soviética, o período propiciou a alta do segmento pelo surgimento de fábricas têxteis e a criação de um novo modo de vestir. Surgiram modelos funcionais, com formas minimalistas e que prezassem pela praticidade e conforto, atendendo aos novos operários. Paralelamente, as mulheres refugiadas, ex-aristocratas, com suas habilidades em trabalhos manuais, eram especialistas em bordados e se destacaram atendendo a grandes casas de moda da Europa.

A coleção Fê Palazzo traz peças variadas com destaque para as saias godê e midi, vestidos e kaftans – modelo típico do vestuário russo -, além de macacões e macaquinhos – forte tendência desde a última estação -, com ênfase para as cores dourado, vermelho, preto e azul marinho, trazendo bordados de tecidos, pedras e linhas em aplicações florais e estampas geométricas em tons invernais.

As matrioskas, tradicionais bonecas russas criadas em tamanhos diferentes que se encaixam umas nas outras foram a grande inspiração da coleção e agregaram ainda mais charme e colorido às peças. O fato das bonecas menores saírem do interior das maiores simboliza o ato da mãe dar à luz uma menina, e a filha à luz a outra garotinha, assim sucessivamente, representando a maternidade e a fertilidade, e que inspiraram peças para as versões mãe e filha, uma tendência entre as mamães corujas e suas filhotas.

A designer de moda, Fernanda Palazzo explica o que a motivou a escolher a Rússia como tema da coleção. “Sempre gostei das pinturas e da simbologia dessas bonequinhas e de observar a interpretação que cada artista dá à sua obra, pois muitos representam, através das matrioskas, o cotidiano. Elas elas se tornaram um ícone nacional da Rússia”, conta, ressaltando outros detalhes da coleção. “A pintura decorativa russa tradicionalmente explora os ornamentos florais pintados em preto e vermelho sobre um fundo dourado, principalmente nos objetos de decoração e mobiliário, e que irei retratar nas roupas”, detalha a designer sobre algumas inspirações da coleção.

A macrocoleção Cores do Mundo, apresenta uma viagem pelos vários tons do planeta. Divididas por etapas, as coleções focarão culturas diferentes do mundo e diversidade de peças em cada lançamento. Em 2015, a designer lançou a primeira coleção da Série Cores do Mundo. Intitulada Cangaço, a linha trouxe peças inspiradas no sertão brasileiro, desenvolvidas em linho nobre nas bases de tons terrosos com bordados e aplicações de várias texturas, marcados pelo aspecto rústico e artesanal das peças. (Kasane Comunicação)