Localizado no Marista, na casa onde morou a artista plástica goiana Cléa Costa Vieira, o intuito é que o local receba periodicamente exposições e outros eventos voltados à arte

marcelo-sola
Marcelo Solá é um dos artistas evidenciados nesta exposição

Com o objetivo de fomentar a cultura nacional e valorizar os artistas brasileiros e, em especial, produção artística goiana, a Opus Inteligência Construtiva inaugura na próxima quinta-feira (28) o Espaço Opus Cultural. Localizado na rua 38 do setor Marista, na casa onde morou a artista plástica goiana Cléa Costa Vieira, o intuito é que o local receba periodicamente exposições, mostras, ensaios e apresentações, além de outros eventos voltados à arte. Além de promover a cultura, a ideia é que a população use o espaço como um local de lazer e interação entre as famílias.

Para a inauguração, a Opus convidou os colecionadores Luiz Otávio Vargas Dumont, Tássio Oliveira Camilo e a galerista Ludmila Potrich, para abrirem o espaço com a Exposição Colecionáveis. A mostra reunirá obras de vários artistas contemporâneos, como Rubens Ianelli, Leonam Fleury, Siron Franco, Pitágoras, Antônio Poteiro, Marcelo Solá e Ana Maria Pacheco, goiana radicada em Londres, entre outros. “A ideia é fomentar a arte e estimular o colecionismo de obras de arte que, além de objetos de design que têm o poder de transformar um ambiente, são ótimos investimentos”, explica o curador e responsável pela seleção das obras, Gilmar Camilo. Ao todo a exposição reúne cerca de 50 obras entre pinturas, fotografias, esculturas e objetos de arte. “Reunimos artistas consagrados de várias gerações e que apresentam diferentes técnicas artísticas por reconhecer no goiano contemporâneo um grande apreciador de arte”, acrescenta.

A escolha do local é uma homenagem à Cléa Costa Vieira, ícone da arte no Estado. No espaço de 930 m² onde morou a artista, foi preservada a casa e realizada apenas uma pequena reforma para melhor atender ao público visitante. “A ideia é proporcionar à comunidade um espaço voltado à cultura e às artes, valorizando ainda o trabalho dos artistas goianos, e nada melhor do que escolher um local que inspirou a vida e obra de uma artista de tamanha expressividade como Cléa Costa”, avalia o diretor da Opus Inteligência Construtiva, Dener Justino.

Sobre Cléa Costa Vieira

Gravadora, pintora, desenhista e professora, graduou-se em Artes Visuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG), em 1967. Ganhadora do prêmio de desenho no 1º Concurso de Artes Plásticas em Goiânia, em 1973. Atua como professora de pintura no Instituto de Artes da UFG desde 76, e ministra curso de desenho e pintura na Fundação Jaime Câmara. ( Kasane)