Shopping Estação Goiânia tem looks a partir de R$ 39,90 para quem quer curtir o feriado mais alegre do ano na moda e com economia

LOOK 1

 

Não importa se a folia é em Salvador, no Rio, em Caldas ou no interior goiano. Carnaval pede sempre figurino leve, confortável, para não comprometer o principal objetivo da festa: pular e se divertir até a Quarta-Feira de Cinzas. Se o orçamento anda apertado, contudo, o melhor a se fazer é optar por peças com melhor custo benefício, que possam ser usadas em diversas ocasiões, e aproveitar as tendências da estação.

É o caso do conjunto cropped estampado com short soltinho que sai por R$ 79 na Loja La Lule, no Shopping Estação Goiânia. O desenho e a cor delicada da peça permitem uma maior combinação de acessórios, além de ser uma excelente opção para os dias mais quentes.

Ideal para cair na folia é o shortinho estampado, a cara do carnaval. Com uma regatinha básica e uma sapatilha nos pés faz toda a diferença para um look confortável, e além de tudo barato: regata por R$ 13 na Naná Fitness, short por R$ 30 na D´Lima e alpargatas por R$ 39,90 na Santa Rô.

Outra alternativa confortável para os dias de festa são os vestidos longos. A peça, que já é velha conhecida dos guarda-roupas, nesta temporada veio atualizada com fendas, o que a torna ainda mais flexível, ideal para vestir tanto durante o dia como à noite. Na loja Maria Valente o vestido longo laranja sai por apenas R$ 79. Adicionando mais R$ 25 o look fica completo com colar e brinco da Loja Sampa Bijoux.

E como é Carnaval e o clima geral é de alegria, as estampas não podem faltar. Na Boutique da Lê os visitantes do centro de compras podem encontrar macaquitos de malha por R$ 39. O traje oferece mobilidade e frescor para os dias mais quentes, além de necessitar de poucos acessórios para se destacar.

O Shopping Estação Goiânia disponibiliza um mix de 400 lojas com diversas opções de roupas, calçados e acessórios. O centro de compras pratica o chamado “atacarejo”, ou seja, está apto a receber clientes que desejam comprar tanto no atacado como no varejo. Inaugurado em novembro de 2007, recebe em torno de 240 mil pessoas por mês, provenientes de todos os Estados brasileiros. (KASANE Comunicação)