Agronegócio estimula vendas de picapes em Goiás, que é principal mercado de Hilux no Centro-Oeste e o terceiro estado brasileiro em volume absoluto de vendas. Nova versão será apresentada na quarta, 18/11

Embora o mercado de automóveis tenha retraído em 20% nas vendas em 2015, alguns veículos provando sua resiliência no mercado. É o caso da Hilux, uma das picapes mais admiradas pelo consumidor, que vem mantendo 32% no segmento no mercado nacional desde o ano passado.

Para o ano de 2016, ela entrará em sua 8ª geração, que chegará as concessionárias nesta quarta-feira, 18/11, totalmente reestilizada. Em Goiânia, a Saga Motors realiza uma avant-première para jornalistas no horário do almoço. A partir das 14h, será apresentada ao público. Na ocasião, o consumidor terá a oportunidade de fazer o test-drive.

Goiás é o principal mercado da picape da Toyota no Centro-Oeste e o terceiro nacional. Representa cerca de 6% do total de vendas Hilux no País. Goiânia é a segunda cidade onde mais se vende a picape, só ficando atrás de Belo Horizonte. “Em média, são vendidas de 70 a 80 picapes ao mês em nossas concessionárias”, informa a gerente da Saga Motors, Gil Cristina Mendes.

Cerca de 70% dos consumidores da picape vem do agronegócio, informa o gerente regional da Toyota no Centro-Oeste, Wagner Altenfelder Folhini. O Estado é o quarto maior produtor de grãos do País, respondendo por 9,02% da produção nacional, de acordo com dados do Instituto Mauro Borges (IMB). Na pecuária, cerca de 10% do abate bovino é proveniente de Goiás, assim como 4% do abate suíno e 6% do aviário, também informa o IMB.

Apesar de ter seu público cativo, a Toyota preparou a nova versão, que é a oitava lançada no Brasil, com atributos para fidelizá-lo e também para avançar na conquista de novos consumidores com perfil jovem e urbano – o que já vem acontecendo. “Ela chegará com cara de SUV, com mais conforto e modernidade, sem prejuízo para a robustez”, diz Wagner.

Nova versão

A nova Hilux é 7 cm maior (5.330 mm), 2 cm mais larga (1.855 mm) e 4,5 cm mais baixa (1.815 mm).  Desde que a Hilux nasceu, em 1968, a Toyota já vendeu mais de 16 milhões de unidades em 180 países. Por sete gerações, a picape ganhou uma reputação lendária e arrebatou um grande número de clientes fiéis em todo o mundo, devido aos seus pilares de qualidade, durabilidade e confiabilidade.

As melhorias da Hilux 2016 incluem seu uso prolongado em qualquer tipo de estrada, mesmo que sua capacidade de carga seja explorada no limite. Ao mesmo tempo, a Toyota preocupou-se com detalhes no conforto de pilotagem: a cabine é mais silenciosa, adequada para comunicações em qualquer condição.

Os preços variam entre R$ 114 mil e R$ 188 mil para as seis diferentes versões, todas à diesel. Há configurações com cabine simples ou dupla. As três últimas são equipadas com tração 4×4 e transmissão automática de seis velocidades. Em sua versão top de linha SRX, a Hilux vem com rodas aro 18, todos os ítens de série, kit multimídia, soleiras e maçanetas cromadas.

O evento de lançamento, na Saga Motors em Goiânia, contará com a presença do executivo da matriz Toyota no Japão, Yoshihide Isohata, do gerente regional da Toyota no Centro-Oeste, Wagner Altenfelder Folhini, e da diretoria do Grupo Saga. (COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS)

Vendas de Hilux no Centro-Oeste

1º – Goiás

2º – Distrito Federal

3º – Mato Grosso do Sul

Fonte: Toyota

Estados que mais vendem picapes Hilux no Brasil

1º – São Paulo

2º – Minas Gerais

3º – Goiás

Fonte: Toyota

Cidades brasileiras que mais vendem picapes Hilux no Brasil

1º – Belo Horizonte

2º Goiânia

3º Belém

Fonte: Toyota

Serviço:

Lançamento da nova Toyota Hilux

Data: 18 de novembro, quarta-feira

Local: Saga Motors

Endereço: Avenida T-7, nº 563, Setor Bueno