DSC_0468

Forrozeiro que é bom conhece e reconhece o Festival Nacional de Forró de Itaúnas (FENFIT 2016) como o maior e mais desejado do gênero no país. Para Rodrigo Araújo não é diferente, e a edição 2016 está ainda mais especial, uma vez que o cantor segue na contagem regressiva para representar o forró feito em Goiás no evento, que acontece agora a partir de quinta (16.07), no balneário, que fica no Espírito Santo (ES).

O cantor Rodrigo Araújo se apresenta no dia 20.07, quarta-feira, acompanhado dos músicos Danilo Mateucci (zabumba) e Plácido Santos (sanfona) e  espera ter seu trabalho reconhecido, neste que é considerado o maior evento pé de serra do país.

No Festival Nacional de Forró de Itaúnas (FENFIT) apresenta a música inédita, de sua autoria, Forró de Verdade, na expectativa de trazer o prêmio para Goiás. Também se apresentam no mesmo dia que o cantor os artistas Cosme Vieira , Baião Novo (SP), Sudestino (SP), Fuá de Latada (PR), Carlim Alves (MG), Trio Estopim (RJ), Trio Xamego, Coisa de Zé.

As finais do FENFIT 2016 ocorrem quinta (21.07) e sexta (22.07) e, no sábado (23.07), o grande vencedor se apresenta ao lado de artistas como Severo Gomes, Dona Zefa e Fala Mansa.  ““Acredito que o forró vem crescendo a cada dia. Temos muitos apaixonados em Goiás, que nos seguem nas nossas apresentações. Queremos trazer o prêmio e colocar o forró feito no estado em evidência”, destaca.

Verdade, excursões saem de Goiânia e Brasília, na quinta-feira (15/07), com uma grande comitiva, para torcer por Rodrigo Araújo, representante da região centro oeste no FENFIT 2016. Sucesso é o que o menino merece!

Rodrigo Araújo

Um dos ritmos musicais mais amados do Brasil, que andava meio esquecido nas terras goianas, ganhou novamente espaço na programação semanal da cidade com a chegada de Rodrigo Araújo em Goiás.

Natural de Santo Amaro (SP), o músico viveu na região Oeste da Bahia, divisa com Goiás, e foi lá onde se apaixonou pelo forró, cultivando desde a infância o sonho de ter seu trabalho musical reconhecido.

Rodrigo Araújo teve seus primeiros contatos com a música, ainda pequeno, quando, aos 08 anos de idade, aprendeu a fazer instrumentos recicláveis que fazia show em São José do Rio Grande (BA) onde morava. As influências do forró em sua trajetória começaram aparecer ainda mais cedo, ao ouvir trios de forró, tocando e cantando Luiz Gonzaga, nas festas tradicionais de Padroeiros São João, São José, Derrubadas do Mastro no Divino, Folia de Reis e Vaquejada na Região.

A ideia de encabeçar a lista dos forrozeiros de Goiás, por sua vez, surgiu em 2013 e com pouco tempo de carreira, vem ganhando espaço no cenário musical por suas apresentações contagiantes.

É atração semanal do projeto Quinta Pé de Serra, do Café Nice e frequente nos espaços do gênero em Goiânia, interior do estado e Brasília. (Janaina Gomes)

Serviço:

Rodrigo Araújo concorre no FENFIT 2016

Data: a partir do dia 16.07.16

Onde: Itaúnas (ES)