Imprensa Interativa

Dicas que podem evitar o estresse e demais doenças psicológicas durante o período de pandemia

Há pouco mais de um ano a pandemia causada pelo novo coronavírus aterroriza a população, diante das dificuldades aumentaram os casos de doenças relacionadas ao psicológico humano. Para evitar alguns desgastes são necessárias ações que irão resultar no bem-estar social, de forma que influenciará na saúde mental.

Segundo Suely Faria, Coordenadora do curso de Psicologia da Faculdade Estácio Goiás, neste momento é necessário voltar ao autocuidado com reflexões ligadas aos sentimentos. “O período traz a necessidade de se observar, de manter uma rede de contato de apoio, com uma lista de interesses de forma que minimize o urgente, fazer uma leitura, praticar uma atividade física, tirar um momento para uma meditação ou atividade religiosa, cuidar da alimentação e evitar permanecer ligado em informações. Nós podemos nos apoiar enquanto coletivo e ter um suporte em nós mesmos, mantendo a nossa coerência”, ressalta a especialista.

Com o impacto da pandemia, alertas sobre a atenção à saúde foram emitidos por órgãos da saúde. “Segundo a Organização Mundial de Saúde o Brasil em 2017 já ocupava o 3º lugar nos casos identificados de ansiedade e depressão nas Américas. Sendo que resultados de pesquisas recentes há a indicação seja de um agravamento e de uma maior procura por cuidados psicossociais devido aos sinais do impacto psicológico e emocional da pandemia”, afirma Suely.

Diante destas afirmações, a professora da Estácio dá dicas de atividades para serem realizadas, periodicamente, para evitar tanto o estresse, quanto casos depressivos e similares. 

“Neste contexto, é importante se atentar aos sintomas como por exemplo: irritabilidade, alteração no sono ou apetite, limitação de interesses, maior dependência de atenção das pessoas e algumas compulsões. De forma que, ao notar que algumas destas manifestações estejam comprometendo sua vida diária, é de extrema importância a busca pelo tratamento adequado”.

 Vivemos situações desafiadoras e desconhecidas que, somente com o auxílio profissional, temos a indicação apropriada a cada pessoa. Estes sinais chamam a nossa atenção para a necessidade de um cuidado específico”, enfatiza a psicóloga.

A Estácio Goiás oferece de forma gratuita atendimento psicológico na modalidade online por alunos dos últimos períodos do curso de Psicologia, sob a supervisão de professores da instituição de ensino. Os interessados devem preencher o formulário disponível no endereço eletrônico https://forms.gle/EYU6HqSteHkVrQHQA.