Evento será realizado em todo o Brasil e, em Goiânia, terá estrutura com 65 bancas e cerca de 300 voluntários à disposição da comunidade. Expectativa é alcançar mais de 85% de acordos nas áreas cível, familiar e criminal

Uma megaestrutura está prevista para a realização da 10ª Semana Nacional de Conciliação, promovida entre os dias 23 e 27 de novembro, no Shopping Estação Goiânia, das 9h às 16h. A iniciativa, proposta pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), também será levada para outras 29 cidades goianas, e visa a atender mais de 40 mil casos que aguardam para ser conciliados. A estimativa da organização é de alcançar mais de 85% de acordos nas áreas cível, familiar e criminal, o que representa celeridade para a população que espera as sentenças e redução do acervo judicial.

Em Goiânia, o espaço de eventos do shopping receberá cerca de 65 bancas e pelo menos 300 pessoas realizarão o atendimento de forma voluntária, entre juízes e conciliadores, geralmente estudantes dos cursos de Direito e Psicologia. Além do shopping, haverá unidades de conciliação nos fóruns cível e criminal e em outras quatro unidades permanentes da capital. O Hemocentro também levará uma unidade móvel ao local na segunda-feira (23), dia da abertura do evento, para que o público faça sua doação das 8h às 17h.

As demandas mais comuns tratam de Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), financiamentos, tributos e débitos com empresas de telefonia e concessionárias de serviço público. Grandes litigantes participam em peso da iniciativa: são mais de 500 intimações de empresas de telefonia, 2 mil de bancos, 600 da Saneago e 2,5 mil de DPVAT. Na edição do ano passado, o total de acordos alcançados em Goiás foi de 88%, representando R$ 90 milhões.

Para o juiz-coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Soluções de Conflitos (Nupemec), Paulo César Alves das Neves, os descontos e a redução dos valores deverão ser o diferencial para que se atinja a meta de conciliações. “Na oportunidade, os grandes litigantes, tais como prefeituras e bancos, costumam oferecer melhores propostas para os acordos”, afirma.

As inscrições para demandas ajuizadas terminaram no dia 19 de outubro, mas quem tiver débitos com a Prefeitura podem negociá-los diretamente no evento. Para questões que ainda não se configuraram como processos judiciais, é possível ir aos Centros Judiciários de Solução de Conflitos (Cejusc) no mesmo período do evento. Nos casos de divórcio, guarda de filhos e alimentos, são indispensáveis as presenças dos cônjuges. (Kasane Comunicação)

Serviço:

Semana de Conciliação Fiscal

Data: De 23 a 27 de novembro

Horário: 8h às 18h

Local: Espaço de Eventos Shopping Estação Goiânia – Avenida Goiás Norte, Centro.

Entrada gratuita